Segunda-feira, 2 de Novembro de 2009

Mudança de site

este blog "mudou-se" para o seguinte edereço: http://terraeoxigenio.blogspot.com

 

Obrigado

sinto-me:
publicado por anokas às 19:57
link do post | comentar | ver comentários (2) | favorito
Quarta-feira, 10 de Junho de 2009

PRÓXIMO EVENTO OXIGÉNIO

Notas:

  • O material necessário para a acção de conservação será fornecido pela Cascais Natura;
  • As crianças podem participar, e pode também levar o seu animal de estimação;
  • Levar agasalho, botas, luvas e água;
  • As acções podem ser canceladas com 24 horas de antecedência, devido às condições climatéricas. Consulte sempre o site: cascaisnatura.org 

Eventos:

  •   

 

  • 21 Junho - acção aberta ao público em geral, das 9h às 14h. local: Pisão de Baixo (Fundação francisco de Assis

Colabore!! Seja um herói

   

publicado por anokas às 13:28
link do post | comentar | favorito
Terça-feira, 9 de Junho de 2009

Energias Renováveis poderiam gerar 100% da electricidade da UE em 2050

 A conclusão é de peritos alemães que defendem que, a curto-prazo, se deve deixar de investir nas tradicionais centrais eléctricas alimentadas a carvão e nas centrais nucleares apostando no uso eficiente de fontes renováveis.

 

No entanto, um requisito fundamental para garantir a produção a partir de fonte renováveis é a modernização das redes eléctricas e dos acumuladores para compensar as oscilações na produção de electricidade a partir de fontes instáveis como o vento ou a energia solar, afirmou o Hohmeyer.  O investigador também adverte que “dada a longa vida das centrais eléctricas, as decisões em política da energia de hoje determinarão o panorama dentro de 40 anos” . Deste modo, e uma vez que segundo o SRU é possível produzir toda a energia a partir de fontes renováveis em 2050 é necessário tomar a decisão de adaptar as redes Europeias agora. E o caso Alemão apoia este raciocínio: o governo declarou no fim de 2005 que em 2010 12,5% da electricidade seria produzida a partir de recursos renováveis e hoje a Alemanha já excedeu esse objectivo atingindo os 15,1%.

 

(Fonte: Inter Press Service)

  

Documentos Recomendados

Energy Efficiency - Key pillar for a competitive, secure and environmentally friendly European Energy Policy

Energy Management and the Environment: Challenges and the Future

 

Segundo Olav Hohmeyer, Professor de Economia da Energia na Universidade de Flensburg, na Alemanha, “O que alguns governos Europeus, como é o caso do governo Alemão, estão  a fazer ao autorizar a construção de novos geradores a carvão é errado porque tais centrais travam a expansão e o uso eficiente instalações de geração de energia renovável”.

 

Por outro lado, o Conselho Alemão de Aconselhamento sobre Ambiente (SRU em alemão) afirma que para travar o Aquecimento Global os países industrializados têm de reduzir as suas emissões de gases de efeito estufa em pelo menos 80% até ao ano 2050 e esta redução implica, necessariamente, a desactivação progressiva das centrais que emitem dióxido de carbono, como é o caso das alimentadas a carvão. Deste modo é essencial aumentar o investimento das energias renováveis.

sinto-me: com esperança
tags:
publicado por anokas às 16:14
link do post | comentar | ver comentários (1) | favorito
Quinta-feira, 21 de Maio de 2009

Visitem este blogs e deixem as vossas opiniões e comentários

É um blogue em construção, é bastante interessante e informativo.

Visitem!! vale a pena

 

http://decimo-a.blogspot.com/

publicado por anokas às 09:41
link do post | comentar | favorito

Portugal 5% acima do limite de Quioto

Portugal emitiu em 2008 gases com efeito de estufa cinco por cento acima do limite imposto pelo Protocolo de Quioto, afirmou hoje o secretário de Estado do Ambiente no final da segunda edição do Fórum para as Alterações Climáticas.

"Ficámos em 2008 apenas cinco por cento acima de Quioto", afirmou à Lusa Humberto Rosa, adiantando que as previsões indicam que em 2012 Portugal fique "provavelmente apenas" entre os três ou os 3,5 por cento acima do limite daquele protocolo.

Esta previsão é feita com base num novo sistema informático que vai ser apresentado no Dia 5 de Junho, dia do Ambiente, e que permite monitorizar as medidas que estão a ser tomadas pelos vários sectores da economia para reduzir as emissões dos gases com efeito de estufa.

Esta nova ferramenta informática vai estar disponível no site www.cumprirquioto.pt, permitindo avaliar eventuais desvios às metas propostas pelo Plano Nacional para as Alterações Climáticas (PNAC).

"Até agora só tínhamos um inventário de emissões, não tínhamos nada que permitisse uma previsão para o futuro", explicou Humberto Rosa.

Em 2012, quando Portugal se comprometeu a ter um crescimento das emissões de 27 por cento face a 1990, a meta deverá "com toda a probabilidade" ser excedida em três ou 3,5 por cento.

"Mas existem os mecanismos de flexibilidade, como o Fundo de Carbono, que permitem compensar essa margem. Vamos por isso cumprir Quioto, como temos afirmado desde o início", disse Humberto Rosa.

Esta reunião do Fórum para as Alterações Climáticas realiza-se um ano depois da primeira reunião, prevendo-se que a Comissão para as Alterações Climáticas reúna também com a sociedade civil, tendo como objectivo o debate e a reflexão que resultem em orientações e recomendações sobre questões relativas às alterações climáticas.

publicado por anokas às 09:20
link do post | comentar | favorito
Domingo, 17 de Maio de 2009

Primeira evacuação de uma ilha devido ao aquecimento global

 

Ilhas Carteret, da Papua Nova Guiné
 
Primeira evacuação de uma ilha devido ao aquecimento global 
  
A primeira deslocação de toda a população de uma ilha devido ao aquecimento global (provocado pelo homem) começou nas ilhas Carteret, na Papua Nova Guiné, onde a subida das águas ameaça o local, cujo ponto mais alto está a apenas 170 centímetros acima do nível do mar.

Nas pequenas ilhas do Pacífico, que têm o nome do navegador britânico que as descobriu em 1767 (Philip Carteret), vivem cerca de 2600 pessoas.

As primeiras cinco famílias já se mudaram para Bougainville, a ilha maior perto a cerca de 80 quilómetros das ilhas Carteret, perto da costa da Papua Nova Guiné, segundo o blogger que escreve para o site Ecologist, Dan Box.

A vida nas ilhas Carteret vem a ficar cada vez mais difícil nos últimos anos: as águas do mar vêm e limpam as ilhas dos frutos e vegetais cultivados, destruindo a sua capacidade de subsistência.

Ironicamente, dizia recentemente um artigo do diário britânico "Daily Mail" a propósito da iminente saída de pessoas da ilha, o povo das Ilhas Carteret, entre a água cristalina do Pacífico, vivam de um modo em que produziriam talvez a menor quantidade de emissões de carbono do mundo – mas foram os primeiros a sofrer de forma tão drástica os seus efeitos. Nas ilhas não há carros, não há electricidade, não há televisão, não há telefones. O contacto com o mundo exterior é a vinda de um navio que traz comida enlatada e arroz de Bougainville.

O jornal britânico "The Guardian" sublinha que estas não são “os primeiros refugiados das alterações climáticas”, lembrando que houve já pessoas deslocadas por alterações climáticas desde há milénios, quer naturais, como cheias, quer provocadas pelo homem, como problemas criados por cultivos por exemplo no norte de África. Mas será a primeira deslocação de todo um povo como resultado do actual aquecimento global.

As cinco famílias que se mudaram agora, ou as 2600 pessoas que deverão mudar de casa nos próximos tempos, não são ainda números muito impressionantes. Mas, escreve o "Guardian", este poderá ser o início de uma saída em massa de pessoas de cidades costeiras e regiões a baixa altitude. “O desastre começou, mas até agora ninguém notou”, escrevia o diário.

  

 
                                                                                               Fonte: Jornal Público
tags:
publicado por anokas às 18:27
link do post | comentar | favorito

Galp Share

Não custa nada aderir!! partilhem o vosso automóvel com alguém!

 

Pensem no bem que faziam se aderissem...

Para saberem mais consultem:

 

http://www.energiapositiva.pt/

 

http://www.energiapositiva.pt/filme/galpshare_530x460px.html

 

publicado por anokas às 18:18
link do post | comentar | favorito

Eco-gestos no quotidiano

Eis alguns conselhos para que, no seu dia-a-dia, possa ter alguns gestos mais ecológicos que permitem economizar e contribuir para a preservação do Meio Ambiente.

 

Nas suas compras
 
  • Adquira electrodomésticos de baixo consumo de água e energia (eficiência energética A+).
  • Privilegie produtos ecológicos e portadores do Rótulo Ecológico da União Europeia.
  • Adquira preferencialmente produtos concentrados para que possa reduzir as doses utilizadas e garantir uma boa eficácia.
 
No seu consumo de electricidade
 
  • Desligue os seus aparelhos eléctricos da tomada sempre que estes não sejam necessários (televisão, aparelhagem, máquina de café…).
  • Limite a utilização de lâmpadas incandescentes e halogéneas e privilegie o uso de lâmpadas de baixo consumo (fluorescentes e fluorescentes compactas).
  • Privilegie a secagem da roupa ao ar livre ao invés de utilizar a máquina de secar (grande consumidora de electricidade).
 
No seu consumo de água
 
  • Controle as suas instalações de modo a evitar fugas de água: juntas defeituosas, torneiras mal fechadas…
  • Prefira o duche ao banho de imersão: economizará em média 70% de água!
  • Evite a água corrente enquanto lava a loiça ou escova os dentes.
  • Recupere a água da chuva para regar as suas plantas.
 
Na redução dos seus resíduos
 
  • Limite o uso de produtos que desperdiçam material de embalagem dando preferência às eco-recargas, aos maiores formatos…
  • Faça a separação do lixo afim de facilitar o seu tratamento e reciclagem.
  • Privilegie produtos com embalagem 100% reciclável. Esta é uma das garantias dos produtos Ecolabel.
  • Durante as suas compras utilize sacos de pano ou sacos reutilizáveis e evite os sacos de plástico.
  • “São necessários 500 anos para que um saco de plástico se decomponha na natureza” 
publicado por anokas às 18:04
link do post | comentar | ver comentários (1) | favorito

Voluntariado Ambiental

Deixo aqui informações sobre o site cascais natura e os seus respectivos eventos. PARTICIPEM!!!     ajudar não custa!!

 

http://cascaisnatura.org/Default.aspx

http://cascaisnatura.org/Envolva-se.aspx?ID=727

publicado por anokas às 17:47
link do post | comentar | favorito
Terça-feira, 12 de Maio de 2009

Video sobre o Ambiente

Vejam este video

 Comecem a pensar nas vossas acções e nas consequências destas, ajudem a preservar o planeta azul

 

sinto-me:
tags:
publicado por anokas às 17:34
link do post | comentar | ver comentários (1) | favorito

.mais sobre mim

.pesquisar

 

.Novembro 2009

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30

.posts recentes

. Mudança de site

. PRÓXIMO EVENTO OXIGÉNIO

. Energias Renováveis poder...

. Visitem este blogs e deix...

. Portugal 5% acima do limi...

. Primeira evacuação de uma...

. Galp Share

. Eco-gestos no quotidiano

. Voluntariado Ambiental

. Video sobre o Ambiente

.arquivos

. Novembro 2009

. Junho 2009

. Maio 2009

. Abril 2009

. Março 2009

.tags

. todas as tags

.links

blogs SAPO

.subscrever feeds